segunda-feira, dezembro 31, 2007

Adeus ou até logo?

Se você perguntar como foi o meu ano de 2007, eu posso até te responder que foi tranqüilo, legal, interessante...
Mas, em meus pensamentos, responderei que foi uma merda.
Um dos piores anos da minha vida.
Parece exagero?
Em partes.
Houve coisas boas e coisas ruins, como em todos os anos.
Mas não me lembro de quando foi a última vez que sorri de verdade, ou quando chorei de mentira.
Aprendi que a raiva é uma energia, e que eu não sou muito boa em perdoar, mas descobri que existem pessoas que valem à pena.
Que meus sonhos ainda não estão todos frustrados, e se eu realmente quiser, vou conquistá-los.
E eu quero!
Então, isso é um adeus, 2007.

2 comentários:

yuri disse...

e ainda bem que vc perdoou ;]

posso me juntar ao adeus a 2007?

Zoltan disse...

Mudar o rumo da vida como quem muda de roupa. Isso me fascina. E é isso que as pessoas deviam fazer.
No seu lugar nem Adeus eu daria, pq isso significa olhar pra trás.. hehehe
=**