segunda-feira, junho 30, 2008

Vida dupla

E assim eu vou vivendo, sem saber quem sou ao acordar ou pra que direção devo ir.
Todo dia encarno vários alguéns, e no final não sei mais quem eu sou.
Simplesmente não sei quem sou.
Não sei.

2 comentários:

Clarice disse...

Sei que é clichê e etc, mas é preferível ser vários alguéns a ninguém.


Ou não.

Zoltan disse...

Nem eu sei.. Mas to tentando, to tentando! rs..